15/12/17 Vilão da pele

Tomar sol em excesso pode desencadear diversos problemas

Há muito se fala sobre a importância do colágeno que, após os 25 anos, tem a produção diminuída pelo organismo. Além da perda natural, diversos fatores contribuem para acelerar esse processo, como o tabagismo, estresse, ingestão de álcool, consumo excessivo de açúcar, poluição, baixos níveis hormonais e, principalmente, a exposição aos raios solares.
Segundo a dermatologista Cláudia Peres, “o sol é um dos grandes vilões do colágeno da pele. A maioria da população desconhece este fator, mas a radiação UV provoca a produção de radicais livres, que, em excesso, leva ao stress oxidativo e alterações irreversíveis na conformação celular. Neste processo, as fibras de colágeno são quebradas, gerando a flacidez da pele, não só do rosto, mas do corpo todo”, alerta.
Na esperança de repor a proteína perdida, muitos brasileiros estão aderindo ao consumo do colágeno hidrolisado. Porém, os estudos clínicos desenvolvidos até o momento não são considerados conclusivos para determinar sua eficácia na dermatologia. "Quando esse colágeno hidrolisado entra no organismo, é transformado em aminoácidos. Até o momento, não é possível afirmar se esses aminoácidos serão totalmente absorvidos e aproveitados para a produção de colágeno”, explica.
Em contrapartida, diversos tratamentos estéticos vêm apresentando excelentes resultados e são indicados para estimular a produção de colágeno pelo organismo, desde os peelings de ácido retinóico até o ultrassom micro e macrofocado. “Além disso, existem os preenchedores à base de ácido hialurônico e os bioestimuladores à base de hidroxiapatita de cálcio e ácido polilático, geralmente aplicados no corpo, com ótimos resultados no combate à flacidez”, destaca Cláudia.

Prevenção para o verão
Os fotoprotetores solares são os maiores aliados de quem deseja uma pele saudável e firme. O ideal é combinar protetor solar com chapéus, óculos escuros e roupas com proteção UV. Existem também algumas substâncias que podem ser ingeridas para potencializar o efeito desses filtros solares. “Mais do que uma pele bonita, o ideal é mantê-la saudável, minimizando o risco de patologias graves, como queimaduras ou câncer de pele. Em caso de dúvidas, a melhor opção é consultar um médico para avaliar o caso e indicar o tempo de uso dos produtos mais adequados”, conclui a dermatologista.
 


Assine nossa Newsletter


























Eu acompanho a Revista Absoluta desde o seu nascimento, sua infância e sua adolescência. Ao vê-la hoje, em plena mocidade, posso afirmar, sem medo, que ela sabe como construir a sua própria história. História de prestígio, credibilidade, entusiasmo e conquista de amizades. Absoluta cresceu. Crescer é superar obstáculos: sejam eles de alegrias e dores, derrotas e vitórias, lutas e sacrifícios, conflitos e incertezas. Absoluta anda por novos caminhos. Andar é... enfrentar o desconhecido, deixar marcas na sua passagem, se firmar com estilo e personalidade. Absoluta nasceu para ser mensageira: distribuir boas novas, dar boas dicas, documentar acontecimentos marcantes do nosso tempo, destacar os profissionais que se dedicam ao progresso das ciências e das relações humanas. A revista não abre mão da beleza interior de cada pessoa que ela focaliza. Acompanhei o seu trajeto e as suas mudanças pelas ruas e avenidas da nossa cidade. Visitei cada morada do seu destino e tomei o cafezinho gostoso com a sua equipe acolhedora, que cresceu unida, vestindo a camisa da sua marca, com a mais absoluta coragem e fidelidade. Vi revistas nascerem e acabarem enquanto a Absoluta caminhava heráldica, saltitando por entre as pedras do caminho. Recebi a honra de ser capa da "Absoluta gente" no lançamento das suas primeiras edições. Tive os meus textos, poemas e as minhas viagens registradas nas suas páginas. Sempre me senti valorizada por ela, enquanto pessoa, prestigiada enquanto artista, e sou grata pelo destaque que a revista Absoluta deu à minha trajetória existencial. Participei de enquetes da revista, ilustrações de textos, me vi entre amigos, tantas vezes, em fotos publicadas nas suas páginas sociais. Costumo chamar Betty Abrahão de Fênix... a ave da mitologia grega que, mesmo quando considerada morta, renasce das cinzas e alça vôo, pro alto, em busca das nuvens. Considero Isabelle o porto seguro desta obra que se eterniza na história de Campinas. Betty e Isabelle são "almas- irmãs" na vida e na parceria do seu trabalho. O sucesso da Revista Absoluta tem a sua origem na cumplicidade de um sonho que se desabrocha e se estende além dos limites da nossa cidade. Podemos comemorar as 100 edições em família, com a certeza de que fazemos parte desta história. Usarei as palavras de Rubem Alves [o escritor sempre destacado e valorizado por esta revista], para sintetizar a minha homenagem a toda a Equipe Absoluta: "O fato é que todos aqueles que ainda têm a ousadia de falar e escrever, acreditam, ainda que forma tênue, que o seu falar faz uma diferença... e desta crença depende o seu sono e o seu acordar..." Parabéns pela centésima edição!!!! Siga Absoluta!!!! Siga fazendo novos caminhos, ao andar...!!! Beijos
Anna Maria Badaró

 

Betty Abrahao, essa é pra vc Absoluta! No castelo de Caras 2011. Surpresa! www.facebook.com/photo.php?v=258014677565068  
Bya Barros, arquiteta

Mensagem