06/12/17 Envelhecimento da pele

Aprenda a prevenir e cuidar das temidas rugas

Apesar de o envelhecimento ser uma causa natural, a busca por tratamentos rejuvenescedores e antirrugas é cada vez mais constante. Na verdade, muita gente ainda não sabe porque as rugas se formam. Segundo a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, conforme os músculos se movimentam, todas as camadas da pele encurtam e distendem, formando dobras. Devido às fibras de colágeno e elastina, a pele possui a capacidade elástica de voltar ao estado original. Porém, com o envelhecimento, as propriedades físicas se alteram. "A quantidade e qualidade das fibras se modificam e a pele não consegue mais voltar ao estado original. Então, mesmo sem contrair os músculos, as rugas ficam perceptíveis”, explica a médica.
O principal causador do aparecimento destas marcas é a qualidade da pele, que pode ser comprometida por fatores internos, como genética, características anatômicas e idade; ou externos, como exposição ao sol, poluição e tabagismo. De acordo com a profissional, o melhor tratamento é a prevenção, com utilização de cremes e filtros solares de forma contínua.
Mas, quando as rugas já surgiram, os procedimentos dependem das características de cada tipo. Rugas de expressão, por exemplo, exigem toxina botulínica, que paralisa o músculo por baixo da pele. Já para estáticas, são necessários outros procedimentos, que variam conforme a profundidade. Já as superficiais podem ser tratadas com hidratações, mas as mais profundas pedem procedimentos estéticos como peelings ou lasers. Se for o caso, a cirurgia pode se fazer necessária. “É sempre importante lembrar que nenhuma cirurgia substitui o cuidado com a pele. Uma cirurgia facial, chamada de lifting ou ritidoplastia, promove um resultado muito melhor se a pele for bem tratada. Além disso, considero muito importante o trabalho conjunto do cirurgião plástico com o dermatologista”, conclui Beatriz. 


Assine nossa Newsletter

























Que a Revista Absoluta continue semeando o bem como tem feito até aqui na sua centésima edição. Quanto bem e quantas informações úteis esta revista tem proporcionado aos queridos leitores. Revistas como esta são sempre bem acolhidas pela população em geral, pelas informações que são prestadas à comunidade. Peço a Deus, o Ser Absoluto, que faça a revista Absoluta prosseguir um longo caminho, atingindo centenas de vezes o seu número cem.
Monsenhor Fernando de Godoy Moreira

 

A revista está maravilhosa!!!! Amei!!! Parabéns queridas! Bjssss
Georgia Keppke

Mensagem